Olinda

Oh! Linda situação.

Roteiro obrigatório de turistas nacionais e estrangeiros recebendo diariamente centenas de visitantes que sobem e descem suas ladeiras e percorrem as ruas estreitas em busca da bela paisagem e da arquitetura quatrocentista, que lhe asseguraram o título de Patrimônio Cultural da Humanidade, concedido pela Unesco em 1982. Hoje, além de sua história, do casario colonial e da bela paisagem, Olinda oferece uma rede de bons restaurantes, bares e hotéis e se firma, inclusive, como pólo gastronômico da Região Metropolitana do Recife.



Outro aspecto importante no perfil turístico de Olinda é a vitalidade cultural que a cidade costuma mostrar. São inúmeros eventos que acontecem na cidade durante o ano inteiro, oferecendo aos visitantes a oportunidade de conhecer obras de artistas plásticos de renome internacional, como João Câmara, Tereza Costa Rego, Guita Charifker e outros aresãos anônimos, espalhados nos 71 ateliês existentes na cidade. O Mestre Salustiano e seu Maracatu Piaba de Ouro, de origem rural, as centenas de agremiações, o carnaval e os eventos de arte e música são os grandes atrativos do calendário da cidade.

Listaremos os passeios e pontos interessantes, históricos e imperdíveis para se conhecer.

Museus de Olinda


MAC (Museu de Arte Contemporânea)
Inaugurado no ano de 1966, este edifício onde funciona atualmente o Museu foi projetado para abrigar o Aljube da Diocese. Palavra de origem árabe, significando cárcere, masmorra, tem aqui outra significação restrita de “cárcere de foro eclesiástico”, utilizado para o recolhimento de homens e mulheres acusados de delitos contra a religião Católica Romana, sob jurisdição eclesiástica. O espaço tem como tema a arte nacional e internacional, com acervo composto de coleções de artes plásticas e coleções isoladas dos mais renomados artistas. O conjunto Aljube e Capela foram restaurados e tombados no ano de 1966 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Endereço: Rua 13 de Maio, s/n. Tel.: (81) 3184.3153. Horário: terça a domingo, das 9h às 17h. R$ 2,50 (ESTUDANTES) e R$ 5 (NORMAL). Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. - Estudante de escola municipal ou estadual com visita agendada não paga. Escola particular agendada paga R$2 por pessoa. Idosos com mais de 65 anos não pagam.



MASPE (Museu de Arte Sacra de Pernambuco)
Inaugurado no dia 11 de abril de 1977, o Museu de Arte Sacra de Pernambuco (MASPE) está instalado no antigo Palácio dos Bispos de Olinda. No século XIX, o casarão sofreu novas modificações, servindo como resistência coletiva de religiosos, colégio e quartel do exército durante a 2ª Guerra Mundial. Na sua fachada, é possível ver o antigo brasão episcopal e uma placa da Unesco, que declara Olinda, Monumento Histórico da Humanidade. O acervo fixo do MASPE começou a ser construído a partir de uma centena de peças cedidas pela Arquidiocese de Olinda e Recife. Hoje, é composto por imagens eruditas antigas, policromadas e douradas, do século XVI, além de pinturas e arte sacra popular e objetos do culto nas igrejas. Endereço: Rua Bispo Coutinho, 726 - Alto da Sé. Horário: terça a sexta-feira, das 9h às 12h30. Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Museu do Mamelungo
Fundado em 14/12/1994, o Museu do Mamulengo possui um acervo com mais de 1200 peças feitas pelos mestres mamulengueiros, sendo alguns bonecos do século XVIII, representando figuras populares em situações cotidianas rurais ou urbanas. É o primeiro museu dedicado a bonecos populares no Brasil e na América Latina.
Endereço: Rua de São Bento, 344. Tel.: (81) 3493. 2753. Horário: terça a domingo, das 10h às 17h. R$1 (ESTUDANTE) e R$2 (NORMAL).



Museu Regional de Olinda

O Museu Regional de Olinda foi fundado em 1935, em comemoração aos 400 anos de chegada de Duarte Coelho a Pernambuco, pelo então diretor da Biblioteca e do Museu do Estado, José Maria Albuquerque Melo.
Constam no seu acervo, peças como móveis, imagens, painéis, peças de grande valor histórico, como o brasão do Senado da Câmara de Olinda e peças de arte sacra, inclusive um altar que pertenceu a antiga Sé de Olinda, antes de sua reforma em 1711. Ao todo, são 217 peças expostas por toda a extensão dos salões do prédio onde funciona. Endereço: Rua do Amparo, 128. Tel.: 81-3493.0018. Horário: terça a sexta-feira, das 9h às 17h. / sábado e domingo, das 13h às 17h. R$1 /atendimento especial para escolas agendadas. Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 
Tradutor - Translator
Colaboradores
Indique este site
Gostou deste site? Indique-o a um amigo!
Newsletter

Receba periodicamente os destaques e novidades da programação do IN RECIFE e fique sempre por dentro.







Rapidinhas
Twitter
Quem está online?
Nós temos 3 visitantes online
Parceiros